VOCÊ SABIA?

Você sabia que a Black Friday surgiu nos Estados Unidos por volta do século XIX e foi proveniente do dia de Ação de Graças? Esta data foi iniciada pelo então presidente Abraham Lincoln, que cairia sempre na última quarta ou quinta-feira do mês.

Mas, o que a Black Friday tem a ver com o dia de Ação de Graças? Na época, os donos de negócios ficaram preocupados com o pouco tempo que teriam para fazer as vendas de fim de ano para as festividades e a Ação de Graças como seria feriado nacional, atrapalharia as vendas.

Foi então aprovada a mudança do dia de Ação de Graças para a penúltima quinta-feira do mês e como todos viajavam para visitar parentes, as ruas ficavam cheias de movimento na hora de voltar, onde foi criado o termo Black Friday, devido ao stress causado por causa do feriado.

A partir disso, os lojistas viram uma brecha para que pudessem chamar a atenção dos consumidores e criaram campanhas provenientes daquele dia, para venderem mais, porém apenas em 1990 que a moda “estourou” nacionalmente e em 2001 que foi considerada a data mais importante para as vendas.

Consequentemente, outros países aderiram à moda, afinal vender sempre é bom para a economia girar não é verdade?

SEJA AMIGO DO CONSUMIDOR

Muitos empreendedores não se planejam direito para a Black Friday e acabam perdendo a chance de lucrar mais. Com a chegada da Black Friday no dia 27 de Novembro, é compreensível que todos estejam na dúvida de onde comprar, como comprar, como pagar e por aí vai.

Então, por esses motivos decidimos te ajudar a ter sucesso na Black Friday com uma pequena lista de 6 ações para você alcançar ótimas vendas neste ano :)

Além de explicar como aplicar cada uma delas para você alcançar as suas metas! Vamos nessa?

1. Crie ofertas reais! Mantenha um bom histórico do seu negócio

Crie ofertas reais! Mantenha um bom histórico do seu negócio. Você já deve ter ouvido falar na expressão: “Tudo pela metade do dobro do preço! ”, a Black Friday como explicamos no post anterior, tem origem dos EUA e conseguiu se estabelecer no Brasil a poucos anos.

Porém, não demorou muito para virar motivo de piada entre os consumidores, além de ser desacreditada pelo comércio, mas fique tranquilo!

Muitos estabelecimentos, acharam sensato aumentar os preços dos produtos e serviços alguns dias antes da Black Friday, para no dia dela, baixarem os preços “pela metade”, achando que os consumidores não iriam notar a grande diferença de preços.

Com isso, os mecanismos de busca cresceram para facilitar a chamada pesquisa de concorrência, onde é possível comparar os preços de um lugar para o outro.

Outra maneira que surgiu para saber se uma promoção é fraudulenta é através das pesquisas de preço feitas pelo próprio Procon, que são divulgadas na mídia, além de claro do boca à boca.

Então, não adianta querer enganar o seu cliente e o perder por querer ganhar muito mais em cima de uma única venda, quem pensar em fazer isso nos dias de hoje, irá no mínimo passar por um grande problema, além de passar vergonha.

2. Facilite o pagamento

Sabemos como é difícil conseguir a atenção e a confiança dos clientes, então que tal trabalhar em cima do seu relacionamento com eles? Neste dia o diferencial não estará no preço, visto que muitos dos seus concorrentes, também estarão brigando diretamente para ver quem irá levar o cliente.

Então, é de extrema importância estar preparado para atender qualquer tipo de cliente neste dia em especial, pois ao disponibilizar várias formas de pagamento, você estará estreitando o seu laço com o cliente, fazendo com que ele se fidelize ao seu estabelecimento por existirem facilidades para o fechamento da compra.

Invista em facilidade e comodidade para o seu cliente, faça com que ele confie em você e não na concorrência! Dê descontos especiais para quem for pagar à vista ou faça em até 12x sem juros.

Então, é garantido que um cliente satisfeito, sempre volta para comprar e ainda por cima indica o seu estabelecimento para os amigos e está mais do que provado, que manter este cliente é muito mais barato do que tentar atrair um novo. Segue a leitura que nos tópicos abaixo, vamos explicar e te ajudar a manter esse relacionamento e conseguir vender mais! :)

3. Ofereça brindes

Quem não gosta de ganhar presentes certo? Além de formas de pagamento diferenciadas, um bom agrado também ajuda a ter aquele diferencial que você procura, presentes como:

  • Descontos
  • Brindes personalizados
  • Amostras de produtos (na compra 1 e leve 2)
  • Desconto para a próxima compra
  • Vale-presente

Assim como oferecer presentes para quem comprou, fazer sorteios entre os seus clientes mais antigos é uma boa pedida! :)

AH! Acreditamos que a próxima dica seja de ouro!

  • Crie uma lista de presentes!

É uma excelente ideia para fazer com que os seus clientes sejam atraídos para sua loja ou e-commerce, levando em consideração que a Black Friday é o dia em que todos os produtos e serviços estão mais baratos, muitas pessoas deixam para comprar os presentes de final de ano neste dia.

Porém, existe um grande problema para elas, nem sempre elas sabem o que querem comprar.

Então se você montar uma lista de presentes com dicas e sugestões do que elas podem comprar, com certeza será muito mais fácil com que fechem a compra sem pensar duas vezes.

Estes são apenas alguns exemplos, mas vale lembrar que os mimos precisam ser muito bem selecionados e de preferência úteis aos clientes de alguma forma, além de cativar os seus consumidores, eles ajudam também no marketing da sua empresa.

4. Seja transparente quanto o tempo de entrega

Sabemos que com a pandemia as compras on-line aumentaram absurdamente e com isso os correios ficaram sobrecarregados e muitas encomendas começaram atrasar no tempo de entrega, não que isso seja culpa do seu negócio, mas o cliente não irá ver dessa maneira quando a compra dele atrasar.

A responsabilidade será sua desde o início da compra até a data de entrega do produto, então se houver qualquer tipo de avaria, ou se simplesmente o cliente disser que ele não gostou do produto, quem irá ser responsabilizado será o seu negócio, mas até aqui não falamos nenhum segredo, a dica é bem simples na verdade:

Seja no seu site ou na sua rede social, é de extrema importância estar destacado que o prazo de entrega pode ser comprometido devido a pandemia e a outros fatores que não dependem só do seu negócio. A não ser que você faça algum tipo de parceria com transportadoras, ou qualquer outro tipo de serviço de entrega de compras feitas pela internet, essa seria a forma mais sensata e segura de conseguir cumprir com os prazos, visto o momento que todos estão passando.

5. Faça ações de marketing

Mostre a sua oferta e o seu produto para todo mundo! Em quanto mais lugares você aparecer melhor! Mostre a sua oferta e o seu produto para todo mundo, utilizando diversas plataformas como: sites, blogs, landing pages, Facebook, Instagram, Pinterest, Marketplaces, como: Magazine Luiza, Mercado Livre, Amazon, etc, além de utilizar o SMS, uma ferramenta que vem ganhando espaço nas ações de comunicação entre empresa e cliente.

Como o celular é um aparelho muito pessoal, o SMS costuma ter uma aceitação maior. Além disso, conforme a linha entre o online e o off-line vai ficando cada vez mais tênue, a integração de estratégias e serviços desses dois mundos passam a ser utilizadas em conjunto.

E se o maior desafio das empresas de entregar a mensagem ao usuário é a leitura, a campanha via SMS veio para ajudar. Um estudo da Enpocket mostrou que 94% dos SMS recebidos são lidos, e 75% são lidos no exato momento em que são recebidos.

E se por um lado o espaço para escrevê-la é curto – cerca de cento e sessenta caracteres – e faz com que seja necessário ser o mais objetivo possível, de outro você garante que o leitor irá ler o conteúdo por completo.

6. Site Seguro + Confiabilidade

Deixe a vista o seu certificado de segurança, mostre o que seu negócio não é fraudulento, conquiste a confiança dos consumidores.

O selo de segurança geralmente fica no rodapé do seu e-commerce (este geralmente já vem junto com a plataforma contratada), mas se não for o seu caso existem certificadoras que fazem esse tipo de trabalho. Além deste selo, é bom dar uma atenção especial no “selo de proteção” do seu endereço virtual, aquele HTTPS que a gente vê antes do domínio do site.

É ele quem irá dizer para o seu navegador e até para o seu antivírus se o seu site é confiável ou não para compras, além de dizer também para o próprio Google, se ele deve considerar o seu negócio como uma boa escolha de compra.

Ou seja, sem estes selos, o seu negócio irá sofrer sérias consequências no volume de vendas!

E por último, mas não menos importante...

FIQUE DE OLHO NA CYBER MONDAY!

E se você possui um e-commerce não esqueça que após a Black Friday, existe a Cyber Monday. Aproveite o tráfego que você conseguiu para a Black Friday e faça uma promoção relâmpago ou até mesmo o lançamento de um produto.

Já pensou em chamar a atenção do seu cliente como um POP-UP direto da tela do celular? Conheça o SMS Flash e evite a caixa de SPAM! Quer saber mais? Clique no botão abaixo :)